Jurada do Canta Comigo procura desesperadamente pelo pai do seu filho para tentar salvá-lo da dependência química e esquizofrenia

 


Ana Dutra, cantora e uma das 100 juradas do Canta Comigo na RecordTv fez um apelo no Canal da Lisa Gomes com o intuito de salvar seu filho, Bruno Barbanera, 27, das drogas.

 

A intenção da cantora, que é assumidamente lésbica é achar o pai biológico do seu filho com quem teve um envolvimento rápido, “Eu tive uma desilusão com a minha primeira namorada e acabei conhecendo o pai do meu filho, o Márcio, aliás eu tô atrás dele, Márcio Barbanera. Na época , ele deu uma de amigo durante uns 3 meses, ele sabia que eu tava sofendo por causa da namorada. Enfim... bebemos, bebemos, transamos e a camisinha estouro e eu engravidei. Só foi isso! Não teve sentimento, nada, foi simplesmente uma transa', conta.

 ,


Assim que soube da gravidez, Ana revela que foi surpreendida com um pedido do suposto pai do seu filho, “Quando soube que estava grávida, fui atrás e ele disse que me daria dinheiro para abortar”.

 

Nunca escondeu

 

Ana conta que o filho foi crescendo e juntamente com ele a necessidade de conhecer sua verdadeira história, “O que eu sei é que ele precisa saber de 50% da vida dele que foi privada até agora, ele tem outros avós, irmãos, deve ter primos, deve ter tios que não conhece, ele tem o direito de saber quem são. Eu nunca escondi, simplesmente o pai dele nunca quis vê-lo”, lamenta.

 

'Ele (pai)nunca assumiu e eu também nunca fui atrás porque graças a Deus a gente nunca passou necessidades, mas isso causou alguma coisa no meu filho”, relata.

 


Internação

 

jurada diz que já gastou muito dinheiro para tentar salvar o filho, “Um tempo atrás ele foi internado com esquizofrenia, numa clínica psiquiátrica. Ele se envolveu com maconha e a droga causou esquizofrenia, se ele não fuma, ele fica bem. Mas essa coisa do pai é que desencadeou tudo isso nele, ele fala: 'Cadê meu pai? Trás meu pai aqui e fica naquela coisa, nos devaneios perguntando pelo pai”, detalha.

 

Agora com essa terceira internação do meu filho resolvi ir atrás. Foram mais de R$ 10 mil e depois que ele internou pela segunda vez eu levei ele até a porta da 'Barbanera Qualitá' que é o nome da empresa que eu tenho do pai e ele bateu na porta, mas sem sucesso, disseram que ele não tava mais lá e também não deram endereço, nem nada”, diz a jurada.

 

Paternidade

Como tantas mulheres, Ana também entrou na justiça para provar que Marcio Barbanera seria o pai do seu filho, “Entrei na justiça, ele foi lá antes da gente, no dia da audiência, e assinou como paternidade não reconhecida. Isso há anos atrás”, diz.

 


Redes Sociais

 

Ana tentou procurar o possível genitor do seu filho pelas redes sociais, “O pai dele não acho em rede social, aliás não acho em lugar nenhum, porque tá na justiça, mas ninguém acha o homem. Eu preciso achar o pai para salvar nosso filho, eu não fiz sozinha. Fui mãe e pai e só estou procurando o Márcio para salvar meu filho”, explica.

 

 

Filho de Jurada do 'Canta Comigo' sofre com dependência química e procura pelo pai para salvá-lo.

Página anterior Próxima página
publicidade