Indispensável para empresas, “marketing digital” aposta em novas estratégias

Investimento em vídeo vem sendo o próximo passo de lojistas e organizações.


O tráfego global de dados e informações disponíveis no âmbito digital uniu cidadãos de cada parte do mundo para a internet. Indo muito além de pesquisas e redes sociais — uso popular da web nos anos 2000 —, o virtual se potencializou a ponto de remodelar interações sociais, auxiliar transações internacionais e principalmente, revolucionar comércios para além das lojas físicas.
Abrigando vitrines virtuais, lojas em redes sociais, “marketplaces, serviços em plataformas business, aplicativos e sites empresariais, a Indústria 4.0 ditou o superaquecimento do e-commerce. Entretanto, para que esse novo modelo de mercado funcionasse de fato e atingisse novos consumidores, uma ferramenta se tornou aliada indispensável de empresários e microempreendedores da nova década: o marketing digital.
Segundo dados da Pesquisa Maturidade do Marketing Digital e Vendas no Brasil, 94% das empresas confirmaram o uso estratégico do marketing digital como meio de crescimento no mercado. Diante da pandemia do coronavírus (COVID-19) e o crescimento mensal de 400% no número de lojas virtuais, de acordo com informações da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), utilizar estratégias funcionais dentro da “World Wide Web” (W3) se tornou alvo de cobiça dos lojistas.  
Ensinando métodos assertivos para conquistar clientes no meio digital, a consultora de Marketing Digital, Priscyla Caldas, explica que as ações iniciais na internet devem estar ajustadas às metas da empresa, sempre considerando o que a organização quer alcançar, a exemplo de divulgação, portfólio institucional, acréscimo de vendas, manutenção da imagem ou novos clientes
A partir desse ajuste de ideias, vai ser estabelecido qual estratégia a empresa utilizará. Nessa etapa, cabe o discernimento de qual plataforma é melhor para a ação a ser executada, como publicações no Instagram, Facebook ou Youtube; se existe a possibilidade de incluir a presença digital no Linkedin, se cabe fazer uma página da empresa no TikTok. Estaremos sempre vinculando o marketing digital estratégico com o objetivo e o perfil empresarial”, explica. 
Para Priscyla, investir em marketing digital significa estar acessível ao cliente o tempo inteiro. Explicando a analogia, a consultora afirma que o uso habitual dos smartphones pela população, acessando redes sociais ou pesquisando novas ofertas na web, torna a presença empresarial próxima do consumidor. Ligando os hábitos da população às estratégias de marketing digital, a profissional relata que o investimento em vídeo vem aumentando a cada dia, como tática de sucesso no meio virtual.
Segundo dados da companhia Cisco, 82% do tráfego na web serão gerados por vídeo até o final de 2020. De acordo com a consultora, a tendência de conteúdos audiovisuais dominarem a internet, explicados pelo consumo de mídia das novas gerações. Baseada no estudo da “Visual Capitalist”, Priscyla explica que os novos internautas da “Geração Z” consomem mais vídeos online (52%), do que jornais online (21%) ou livros (18%), evidenciando a preferência por menos leitura e mais conteúdos dinâmicos. 
Trazendo essa análise de perfil para as vendas no meio digital, se torna cada mais necessário que seus seguidores (clientes) vejam você, ouçam sua voz e percebam, através do vídeo uma relação de confiabilidade e credibilidade na maneira como você fala e expõe seu conteúdo. Essa técnica acaba prendendo a atenção dos internautas, sobretudo vídeos mais curtos, com apelo emocional ou explicativos”, afirma. 
Ilustrando uma campanha realizada para a loja de cosméticos baiana “BetoBita”, Priscyla explica que promoveu histórias de pessoas que passaram pela empresa, no formato audiovisual, para demonstrar o impacto positivo na vida delas, intitulada ‘Minha História com a BetoBita’. O benefício central, segundo a consultora, “é mostrar que a BetoBita não é só uma loja de cosméticos, que vende produtos para o cabelo, e sim uma marca que se importa com a sociedade. Dessa forma, construímos uma relação social, humanizada e mais próxima dos clientes da empresa”, conclui. 
Para mais informações sobre marketing digital, acesse www.arunamarketing.com.br
.
Página anterior Próxima página
publicidade