XÔ CORONAVÍRUS: ESPECIALISTA LISTA 5 NUTRIENTES QUE AJUDAM NA IMUNIDADE

por Juci Ribeiro
Confira quais são eles e em quais alimentos podem ser encontrados

Manter o sistema imunológico em pleno funcionamento é essencial para a saúde. Isso porque as defesas do corpo estando em perfeito estado, diminuem os riscos de infecções por vírus e bactérias e, para desenvolver a imunidade, a alimentação é uma importante aliada.
“Existem alimentos com nutrientes que podem influenciar direta ou indiretamente na produção, diferenciação e atividade das nossas células de defesa, os leucócitos”, explica o professor do curso de Nutrição da UNIFACS, João Pereira.
Estar com a imunidade em dia é ainda mais importante em tempos de coronavírus. Embora nenhum alimento seja capaz de tornar as pessoas imunes a esse agente infeccioso, uma nutrição adequada pode ajudar a fortalecer o sistema de defesa e deixar o organismo mais protegido.
O professor observa que é melhor dar preferência aos alimentos naturais em detrimento dos industrializados, quando o assunto é a imunidade. “Aqueles que podem ser consumidos na sua forma natural e os minimamente processados possuem a capacidade de preservar os nutrientes que agirão de forma benéfica no nosso corpo, incluindo o fortalecimento do sistema imune”, diz.
Isso explica porque frutas, verduras e legumes são bem-vindos nas refeições. O especialista pontua ainda a necessidade da higienização adequada do alimento, antes da ingestão e da sua preparação e lembra que a repercussão dos nutrientes na formação e fortalecimento do sistema imunológico não é algo imediatista e repentino, mas sim aparece como resultado de um estilo de vida saudável.
“É preciso combinar uma alimentação adequada do ponto de vista nutricional com a prática de atividade física e retirada de hábitos que contribuem para a depressão do sistema imune, tais como, o tabagismo, uso abusivo de álcool e sedentarismo”, destaca.
Mas se os alimentos são aliados no desenvolvimento da imunidade por conta dos nutrientes que carregam, quais são os mais indicados nesse sentido? O professor lista abaixo um top 5 do que você deve incluir na dieta se quiser turbinar as suas células  de defesa. Pereira lembra que eles não devem ser consumidos isoladamente, mas como parte de uma dieta balanceada.
Zinco – além da função antioxidante em nosso organismo, é um nutriente essencial para o crescimento, desenvolvimento e função imunológica, pois aumenta a proliferação de linfócitos T (células de defesa). Pode ser encontrado em: mariscos, ostras, carnes vermelhas, fígado, miúdos, ovos, sementes de abóbora, amêndoa, amendoim, castanha-do-pará, castanha de caju.
Vitamina A - é capaz de aumentar a diferenciação dos linfócitos T e B, mas, também auxiliam na proteção no corpo por serem importantes na manutenção da integridade da nossa pele, que funciona como barreira de proteção contra a entrada de microrganismos.  Pode ser encontrada em: fígado, gemas de ovos e leite integral e seus derivados (manteiga e queijo) etc. O especialista acrescenta que alimentos de origem vegetal possuem uma pró-vitamina A, a exemplo de frutas e legumes amarelos e alaranjados e vegetais verde-escuros.
Vitamina E - É capaz de aumentar a produção de imunoglobulinas, substâncias do nosso sistema de defesa que identificam e eliminam os organismos estranhos do corpo. Pode ser encontrada em: gérmen de trigo, carnes, ovos, algodão, óleos (algodão, milho, soja, azeite de dendê), amêndoas, nozes, manteiga, castanha-do-pará, nozes, pistache, gema de ovo, amendoim, semente de girassol, gergelim, vegetais folhosos (espinafre, couve e agrião), linhaça.
Vitamina C – Importante vitamina antioxidante, evita o dano oxidativo das células imunes, sendo encontrada em grande concentração nessas células. Auxilia também na proliferação de linfócitos T. Pode ser encontrada em: frutas como morango, mamão, papaia, kiwi, goiaba, melão, tangerina, manga, laranja, abacaxi e limão.
Ferro – é capaz de estimular a proliferação dos linfócitos T e a destruição de agentes nocivos no nosso organismo, contribuindo, dessa forma, com as respostas de defesas do nosso corpo. Pode ser encontrada em: carne vermelha, brócolis, espinafre, couve, grão-de-bico, lentilha, feijão, tofu, cereais integrais, como aveia e quinoa, castanha de caju etc.

Página anterior Próxima página
publicidade