Atriz Claudia di Moura fala sobre ADOÇÃO em campanha da Comissão Nacional de Adoção

por Juci Ribeiro

As atrizes Claudia di Moura e Alexandra Richter encabeçaram uma campanha importantíssima no mês da adoção. 

A necessidade de alertar homens e mulheres sobre a responsabilidade do cuidar dos seus filhos, independente de terem sido gerados ou adotados é eminente.

Dados tristes revelam que muitas das crianças adotadas, são rejeitadas por seus pais por mil motivos, entre eles doenças que apresentam nos primeiros anos de vida, assim como alegações por serem feias, burras, comerem muito ou até mesmo por pedirem para assistir repetidamente o filme do Rei Leão.

Quando a criança a ser adotada é negra, aí os dados são mais alarmantes. Essas são as últimas a receberem um lar e as primeiras a serem devolvidas.

Criança não é mercadoria! O alerta vem da Comissão Nacional de Adoção IBDFAM Brasil, instituição sem fins lucrativos que produz e divulga conhecimento em direito da família e sucessões.










Foto Henrique Fisher 



Página anterior Próxima página
publicidade