Preparando as casas de verão: a dica é arejar e iluminar

Por Juci Ribeiro
Mirela Oliveira, sócia da T3 Arquitetura, fala sobre arquitetura das casas de veraneio.
A chegada da estação mais quente do ano eleva os gastos com climatizadores e contas de energia. Apenas na capital de São Paulo, o ano de 2019 apresentou um aumento de 3,6% - se comparado ao mesmo período de 2018, em relação a compra de artigos como ventiladores e ar-condicionado, de acordo com dados da Associação Comercial de São Paulo.                       

Projetando um cenário custoso para 2020, a conta de luz dos brasileiros ainda poderá sofrer um aumento médio de 2,42%, segundo pesquisa divulgada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Tendo em vista essas variáveis, a arquiteta e sócia da T3 Arquitetura, Mirela Oliveira, oferece dicas sobre como reverter esse cenário, evitando despesas e organizando melhor o espaço das casas de veraneio. 
As casas de verão, além de serem aconchegantes e confortáveis, precisam ser arejadas, com bastante ventilação cruzada. Para não cair em despesas muito altas na compra de climatizadores e com o gasto de energia, é importante que os espaços da casa se integrem e as áreas comuns sejam bem ventiladas”, explica Mirela. 
A arquiteta também discorre a respeito do layout que as casas de veraneio precisam ter para criar um ambiente mais acolhedor aos convidados. “É durante o verão que as pessoas reúnem vários amigos em casas de praia, com o propósito de criar um clima agradável e acolhedor das férias. Ter um layout flexível dá margem para implementar novas áreas na casa, devido a adaptação da planta, acomodando os hóspedes em diversas áreas comuns”, elucida.                                 
Segundo a profissional, ambientes com incidência solar podem favorecer a construção de cenários aconchegantes e criativos para as visitas, aproveitando a influência da estação do ano na utilização desses espaços. 
Algumas áreas específicas precisam ser projetadas pensando em quanto de incidência solar irão receber. Espaços como a piscina precisam de forte incidência para criar um ambiente ideal por exemplo, enquanto outras, como uma área gourmet bem equipada, precisa se manter protegida dos raios solares”, conclui. 
Para saber mais a respeito sobre arquitetura de veraneio, e sobre a T3 Arquitetura, acesse instagram.com/t3_arquitetura/ ou www.t3arquitetura.com.br/.