DTECEA contribuiu para a entrega das obras no prazo, afirma diretor-presidente do Aeroporto de Salvador

por Juci Ribeiro


A importância dos trabalhos do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo (DTECEA) de Salvador para a segurança das obras de modernização e ampliação do Aeroporto Internacional de Salvador foi ressaltada por Julio Ribas, diretor-presidente do Salvador Bahia Airport, durante a entrega da Medalha Thomé de Souza ao seu ex-comandante, Tenente Coronel Aviador Ciro Appip Lambiase. A Medalha é a maior honraria concedida pelo Município de Salvador a um cidadão e foi entregue ao Tenente-Coronel nesta quarta-feira (18) na Câmara Municipal de Salvador (CMS). A homenagem foi uma iniciativa do vereador Maurício Trindade.

“Essa entrega rigorosamente dentro do prazo não teria acontecido sem a ajuda de muita gente. Mas nesta ocasião especial o foco do meu agradecimento é ao Tenente-Coronel e a toda a sua maravilhosa equipe. Tivemos muitos trabalhos que interferiram no dia a dia das operações da pista. Sem o apoio do DTCEA de Salvador não teríamos cumprido o prazo”, destacou Ribas.  Ele também ressalta a colaboração do Destacamento para a segurança das obras, já que, devido à visão privilegiada da pista, conseguiam auxiliar na identificação de riscos e prevenção de acidentes.

Julio Ribas ainda aproveitou o espaço na Tribuna da Câmara Municipal de Vereadores para agradecer a todas as entidades da Força Aérea envolvidas na operação diária e na viabilização das obras recentes do Aeroporto, como Departamento de Controle de Espaço Aéreo (DCEA), 3º Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA III), Base Aérea de Salvador, ICA (Instituto de Cartografia da Aeronautica. Os cumprimentos foram estendidos também aos outros órgãos que estão presentes no sítio aeroportuário, como Centro de Operações Especiais da Polícia Civil (COE)  e o Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer).

Pistas renovadas
Durante a primeira etapa obras de modernização e ampliação foram realizadas a requalificação das pistas principal (10/28) e auxiliar (17/35), voltadas a segurança e adequação às normas internacionais de aviação. O investimento chegou a cerca de R$ 200 milhões. As melhorias foram iniciadas na pista auxiliar, que foi completamente reformada e passou a operar em perfeitas condições para receber voos comerciais. Em seguida, foram realizadas as intervenções na pista principal, que contemplaram recapeamento, melhorias no acostamento e na sinalização horizontal, ajustes na faixa de pista e implantação da área de segurança de fim de pista (RESA) nas duas extremidades, entre outras mudanças.

Sobre o Salvador Bahia AirportLocalizado em Salvador, capital baiana e primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport faz parte da rede VINCI Airports desde 2 de janeiro de 2018 através de um Contrato de Concessão com duração de 30 anos. Na lista dos dez aeroportos mais movimentados do País, ele conecta o estado da Bahia a cerca de 30 destinos, tanto domésticos quanto internacionais.
Desde o início da Concessão, o aeroporto tem incorporado padrões globais de operação, buscando entregar mais eficiência, segurança e uma melhor experiência de viagem para os seus passageiros. Grandes investimentos em um programa de modernização e ampliação levaram à extensão de 22.000 m² de área construída, ao acréscimo de seis novas pontes de embarque, à abertura de mais uma pista para aviação comercial e à instalação de um sistema de detecção e combate a incêndio. Além disso, o aeroporto se comprometeu a apoiar o desenvolvimento econômico do estado através do desenvolvimento de tráfego e iniciativas de estímulo ao turismo.
Reconhecido como um aeroporto verde pelo Conselho Internacional de Aeroportos, o Salvador Bahia Airport se destaca por suas conquistas no campo da sustentabilidade entre as quais zero descarte de efluentes, adoção de medidas visando eficiência energética, e a implementação de um programa efetivo de reciclagem. As iniciativas estão alinhadas com o compromisso da VINCI Airports em reduzir sua pegada de carbono. O Aeroporto também procura valorizar e promover as especificidades culturais e sociais da Bahia, um de seus grandes ativos.
Sobre a VINCI AirportsA VINCI Airports, como a maior operadora privada de aeroportos no mundo, gerencia o desenvolvimento e as operações de 46 aeroportos localizados na França, em Portugal, no Reino Unido, na Suécia, Sérvia, no Camboja, no Japão, nos Estados Unidos, na República Dominicana, na Costa Rica, no Chile e no Brasil. Atendida por cerca de 250 companhias aéreas, a rede VINCI Airports transportou 240 milhões de passageiros em 2018.
Por meio de sua expertise como um integrador abrangente, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando sua capacidade de investimento, network internacional e know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, suas extensões e projetos de novas construções. Em 2018, sua receita anual para atividades geridas foi de 3,6 bilhões de euros e de 1,6 bilhão de euros para receita consolidada.  Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br

Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment