Festival Gastronômico de Canavieiras

por Juci Ribeiro

Tairine Ceuta dá aula show no Festival gastronômico de Canavieiras 


A jornalista participa pelo terceiro ano consecutivo do evento e desta vez promove aula show kids a convite da Prefeitura Municipal de Canavieiras


Participando deste o primeiro ano, a jornalista, blogueira e influencer Tairine Ceuta (Com Sabor - Aratu On) desta vez desembarca em Canavieiras amanhã (13) para ministrar aula show para pais e crianças dentro da programação do Festival Gastronômico de Canavieiras (15 a 17.11). 

Promovido pela Prefeitura Municipal de Canavieiras o festival gastronômico vem para fomentar o potencial da produção local, e essa edição vem cheia de novidades. Além do tradicional caranguejo, serão promovidos pratos também de camarão já que a cidade hoje é o maior polo produtor da Bahia em carcinicultura. O terceiro Festival Gastronômico do Caranguejo e Camarão acontece de 15 a 17.11 em Canavieiras. 

Tairine deixará como elemento surpresa o prato que apresentará durante sua aula. “Ainda não definir o prato, mas já pensei em algumas possibilidades bem legais e práticas para mamães e crianças”, disse. 

O festival ainda contará com stands apresentando a cultura do camarão, sua cadeia produtiva, o polo tecnológico que existe hoje em Canavieiras (um dos mais modernos do Brasil) e as diversas ações voltadas para o meio ambiente promovidas pelos criadores.

A cultura local também estará presente no evento com feira de artesanato, apresentações culturais, show de artistas da terra e show de Capoeira. O Festival Gastronômico do Caranguejo e do Camarão se consolida como um dos principais produto turístico de Canavieiras e promete atrair milhares de visitantes com o novo formato.


Serviço:

O que: III Festival Gastronômico do Caranguejo e Camarão
Onde: Canavieiras - BA 
Quando: 15 a 17.11.2019
Informações: 73 9965 2290 - Curadoria


SOBRE TAIRINE CEUTA

A jornalista, blogueira e influenciadora digital Tairine Ceuta, 27 anos, nasceu em Salvador e foi criada no bairro de Cajazeiras, ou Cajacity, como ela chama carinhosamente. Durante sua infância sempre acompanhava sua avó cozinhar e desde cedo começou a nutrir curiosidades e tomar gosto pelo mundo da gastronomia. Tairine se orgulha em dizer que tem a comida de sua mãe e sua avó como principal referência culinária, e que o tempero delas é um dos melhores que experimentou em sua vida.

Na adolescência começou a se interessar pelo jornalismo, o que fez entrar na faculdade com o sonho de um dia ser uma grande profissional. Porém, por falta de representatividade, ela achava que era impossível ocupar lugar de destaque: “Não me enxergava diante das câmeras como apresentadora. Como uma garota negra e gordinha, não via muitas jornalistas parecidas comigo na TV, então achava que só estava apta a trabalhar nos bastidores”, disse.

Na faculdade, criou junto com o jornalista Léo Carvalho o Portal Sou Salvador, que inicialmente foi pensado em dar suporte para eles se sentirem preparados para entrevistas de estágios na área. Com sucesso do site, passou a ser colunista de gastronomia com o “Sou Mais Gourmet”. 

Passou uma fase na Prefeitura de Salvador como estagiária de fotografia e foi a primeira estagiária do Jornal Massa, do grupo A Tarde, quando ainda era um projeto piloto. Lá, assinava matérias de esportes até que surgiu a sua primeira oportunidade para cobrir um evento externo na Festa de Iemanjá.  O dia foi tão importante para jornalista, que desde então tem grande apreço pela a data festiva. “Minha primeira matéria externa foi a festa de Iemanjá. Fui desempenhar o meu trabalho e acabei caindo da embarcação e saí de lá ensopada (risos). Mas fiz uma matéria muito bonita digna de elogios, o que me marcou bastante. Não é a toa que a 1ª feijoada com sabor foi no dia de Iemanjá.”, revela Tairine.

Suas matérias do Massa chegaram até a produção da TV Aratu como sugestões de pautas. Com isso, a direção do programa Universo convidou Tairine para conhecer como funcionava o ambiente da TV, logo depois foi contratada como estagiária, passando por vários programas da grade da emissora, como Aratu Notícias, Ronda, QVP, Clube da Alegria e Universo, atuando desde produtora a coordenadora.

Em 2014 a sua coluna “Sou Mais Gourmet”  foi convertida para TV com o nome de “Com Sabor”. Ela lembra que no início as lives eram gravadas em um celular e ela mesmo produzia e coordenava. “ Até o Com Sabor se consolidar tive que me virar em várias pra colocar o programa no ar”, disse.

Tairine se emociona quando se lembra da importância de Celisa Felicidade (In Memoriam), coordenadora de produção da Aratu, para a sua formação pessoal e profissional. Ela contou que o seu bordão “toda organizada” surgiu das preciosas dicas e alertas que Celisa dava para a jornalista cuidar de sua imagem e postura diante da TV.

Atualmente, além de se dedicar a live com sabor, Tairine dá dicas gastronômicas aos seus seguidores em suas redes sociais, que juntas acumulam mais de 60 mil seguidores.  A jornalista pretende ainda ter uma formação gastronômica: “Eu me cobro bastante, eu sei que tenho uma certa propriedade e experiência pelas minhas vivências na gastronomia, mas quero ter uma formação pra falar com mais domínio para o meu público”, disse.

Sonhadora, a jornalista pensa ainda em um dia se qualificar para dar aulas de jornalismo gastronômico. “Os estudantes chegam muito verdes nos estágios, falo por experiência própria, então eu vejo que eles precisam de alguém que de um choque de realidade neles, e quem sabe eu não possa ser essa pessoa (risos)”, disse.

Com o sucesso da 1º edição da Feijoada Com Sabor, a jornalista quer continuar promovendo eventos. Ela lembra que antes disso esteve envolvida nos preparos do Arraiá do Galinho, festejo junino realizado pela TV Aratu: “A Feijoada Com Sabor foi a primeira festa totalmente minha, e eu quero continuar nesse segmento. Eu sou uma pessoa festeira,  gosto de ver as pessoas felizes, então estou no caminho certo e esperem que vem muitas novidades por aí.”, prometeu Tairine.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment