Natura Musical apresenta Margareth Menezes em Salvador

por Juci Ribeiro



A estreia nacional de “Autêntica” será no dia 01 de novembro, às 19h30, no Mercado Iaô, na capital baiana. Em São Paulo,

“É muito especial estrear este novo show em Salvador. É o meu passaporte pro mundo. Com todo respeito e amor que tenho pela arte e pela música popular da minha terra”, afirma Margareth Menezes.

Onze anos após o lançamento de seu último disco, a cantora e compositora Margareth Menezes está de volta com “Autêntica” (Estrela do Mar/Natura Musical), álbum produzido por Tito Oliveira e gravado nos estúdios Oliveira e Ilha dos Sapos (Salvador), Da Pá Virada (São Paulo), ExcelloRecordings (Nova York), 26Bis e Du Regard (Paris). Com patrocínio do Natura Musical e do Governo do Estado da Bahia, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda, Margareth Menezes apresenta pela primeira vez seu novo show.

Com direção artística de Vavá Botelho, cenário de Ana Kalil e figurino de Karine Fouvry, Margareth celebra no palco o sagrado feminino, seus ciclos e ancestralidade nas canções do novo disco, “Querera” (Margareth Menezes/Nabiyah Be), Paraguassu (Gilberto Gil) e “Mãe Preta” (Luedji Luna/RaviLadin, além de uma releitura de “Capim Guiné” (Russo Passapusso/SekoBass/Titica) do BaianaSystem.

O disco “Autêntica” foi um dos projetos patrocinados pelo Natura Musical por meio do edital 2018 e pelo Governo da Bahia, através do programa Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda. “Natura Musical foi criado para valorizar a diversidade e identidade da música brasileira”, diz Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura. “Desde 2012, o edital já ofereceu recursos para 38 projetos na Bahia, como Russo Passapusso, Lucas Santtana, OQuadro, Ederaldo Gentil e, agora, Margareth Menezes”, completa.
“A principal função do Fazcultura é apoiar propostas como esta, fazer com que a cultura circule em todos os espaços, sendo transversal. Contribuir de alguma forma para que ações assim sejam realizadas é, antes de tudo, criar percepções e sensibilidades sobre a cultura baiana, possibilitando uma maior difusão”, explica Alexandre Simões, superintendente estadual de promoção cultural, da SecultBA.
Margareth Menezes afirma e dá voz ao afro-urbano brasileiro desde 1992 com o projeto Um Canto Pra Subir e é considerada a principal representante do Afropop Brasileiro.

Show Autêntica  
Realização - Pedra do Mar Produções
Direção Geral - Jaqueline Azevedo 
Direção Artística - Vavá Botelho
Direção Musical e bateria - Tito Oliveira
Piano e Teclados - Marcelo Galter
Contrabaixo - Nelmário Marques
Guitarra e Violão - Jackson Almeida
Percussão e Vocais - Daniela Penna e KaryneRosselle
Operador de PA - Humberto Curujito
Operador de Monitor - PC
Iluminador - Boró
Roadies - Dindi e Saulo Maia
Produção de Figurino - Tininha Viana
Estilista - Karine Fouvry
Cenografia - Ana Kalil 
Produção - Raína Biriba
Produção Executiva - Adriana Carvalho
Produção Pessoal - Junior Rocha
Elaboração de projeto – Anderson Bispo
Coordenação de Comunicação e Digital - Renata Franchini (Pitanga Cultural)
Assistente de Comunicação - Pedro Mattos
Programação Visual - Mariana De Paula
Assessoria de Imprensa (Nacional) - Bebel Prates
Assessoria de Imprensa (Salvador) - Como Comunicação Integrada
Assessoria Jurídica - Andrea Francez

MARGARETH MENEZES

Show de lançamento do disco “Autêntica”
Data: 01/11 (sexta-feira)
Local: Mercado Iaô (Praça Conselheiro Nabuco, 33 - Ribeira)
Horário: 19h30
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia)
Toda a renda será revertida para a Associação Fábrica Cultural.

Venda no local no dia do show.
Capacidade: 2.000 pessoas
Classificação etária: Livre

Sobre Natura Musical
Natura Musical é a principal plataforma de patrocínio da marca Natura. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu R$ 132 milhões no patrocínio de 418 projetos - entre CDs, DVDs, shows, livros, acervos digitais e filmes. Os trabalhos artísticos renovam o repertório musical do país e são reconhecidos em listas e premiações nacionais e internacionais. Em 2018, o edital do programa selecionou 50 projetos em todo o Brasil, entre artistas, bandas e coletivos, e estabeleceu parcerias com 10 festivais independentes de Norte a Sul do país. A plataforma digital do programa leva conteúdo inédito sobre música e comportamento para mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais. Em São Paulo, a Casa Natura Musical se tornou uma vitrine permanente da música brasileira, com cerca de 100 shows para adultos e crianças ao longo de 2018.
FAZCULTURA – Parceria entre a SecultBA e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o mecanismo integra o Sistema Estadual de Fomento à Cultura, composto também pelo Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O objetivo é promover ações de patrocínio cultural por meio de renúncia fiscal, contribuindo para estimular o desenvolvimento cultural da Bahia, ao tempo em que possibilita às empresas patrocinadoras associar sua imagem diretamente às ações culturais que considerem mais adequadas, levando em consideração que esse tipo de patrocínio conta atualmente com um expressivo apoio da opinião pública.



Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário