Bahia recebe 10º Encontro Brasileiro de Pessoas que Gaguejam

Bahia recebe 10º Encontro Brasileiro de Pessoas que Gaguejam

A Associação Brasileira de Gagueira (Abra Gagueira) realiza, nesta sexta-feira (25/10) e no sábado (26/10), o 10º Encontro Brasileiro de Pessoas Que Gaguejam. O evento será realizado no Auditório da Unijorge Paralela, em Salvador, na Bahia, com workshops, palestras, minicurso, filme e debates com o objetivo de reunir pessoas que gaguejam, fonoaudiólogos e profissionais de saúde de todo o Brasil. O 10º Encontro integra as comemorações do Dia Internacional da Gagueira, celebrado no dia 22 de outubro.

As inscrições estão abertas (clique aqui) ao custo de R$ 30 inteira, R$ 15 meia e R$ 10 para as pessoas que gaguejam. Já a inscrição para o Minicurso custa R$ 30 para fonoaudiólogos e R$ 15 para universitários. A outra opção é para participar do Encontro e do Minicurso. Desta forma, os valores são: R$ 50 para fonoaudiólogos, R$ 25 para universitários.

A programação do evento inicia com o workshop de “Formação para moderadores de grupo de apoio da Abra Gagueira”, na sexta-feira (25), apenas para os moderadores. Na sequência, haverá o workshop “Diagnóstico diferencial e estratégias terapêuticas para as desordens da fluência” dedicado aos fonoaudiólogos e estudantes de fonoaudiologia.

Para o público geral a abertura será às 17h e terá sequência no sábado, das 8h às 17h, com uma série de palestras e debates sobre as pessoas que gaguejam.

Confira abaixo a programação completa do 10º Encontro Brasileiro de Pessoas Que Gaguejam

Sexta-feira (25/10)


8h às 12h – Workshop de formação para moderadores de Grupo de Apoio da Abra Gagueira
Moderadora: Fga. Mariana Santiago/MG

14h às 17h – Workshop diagnóstico diferencial e estratégias terapêuticas para as desordens da Fluência
Moderador: Fgo. Hugo Carvalho/SE

16h – Credenciamento

17h às 17h30 – Abertura
Moderadores: Representantes da ABRA, CFFa, Crefono 4 e UJ.

17h30 às 19h – O que é que a Bahia tem? Perspectiva da gagueira em território baiano.
Moderadores: Fga. Aline Alvarenga/BA, Fga. Célia Regina Tomé/BA e Geanderson Santos/BA

19h às 19h25 - Homenagem Profissionais de Representação da Gagueira
Moderador: Fgo. Dênis Batista/BA

19h25 às 20h25 – Exibição do filme: When I Stutter

20h25 às 21h30 – Debate sobre o filme
Moderadores: Fga. Daniela Zackiewicz/SP, Fga. Ana Paula Mummy /SP e Eduardo Souza da Silva/PI

Sábado (26/10)
07h30 às 8h - Credenciamento

8h às 9h20 – Você não está sozinho: Ações em prol da pessoa que gagueja
Moderadores: Fga. Ana Paula Mummy/SP, Fga. Daniela Veronica Zackiewicz/SP, Luiz Fernando Ferreira/RJ e participante de Grupo de Apoio.

9h20 às 10h10 – Viviendo con la tartamudez, la experiencia paraguaya
Moderadora: Cintia Hieber/PAR

10h10 às 11h30 – O que as pessoas precisam saber sobre gagueira? (Sala A)
Moderadora: Fga. Luciana Contesini/SP

10h10 às 11h30 – O que precisam ouvir das pessoas que Gaguejam? (Sala B)
Moderadores: Grupo de Apoio da ABRA

11h30 às 12h – O que pode ser feito pela gagueira atualmente? Resultados das palestras anteriores.
Moderadores: Fga. Luciana Contesini/SP e três pessoas de grupos da apoio da ABRA.

12h às 13h30 – Intervalo

13h30 às 14h – Políticas de inclusão no ambiente educacional voltadas às pessoas com necessidades de atenção especial na área de comunicação: A experiência de Brian Institite.
Moderadora: Dra. Ângela Mathylde/MG

14h às 14h40 – Depoimentos de Pessoas que Gaguejam
Moderadores: Jessica Conceição/BA, Joicy Araújo/BA e Victor Crusoé/BA

14h40 às 15h10 – Vencendo as questões psicossociais da gagueira
Fga. Ana Paulo Mumy/SP

15h10 às 15h30 – Coffee Break

15h30 às 16h – Como falar bem em público sendo uma pessoa que gagueja
Moderador: Fgo. Denis Batista/BA

15h30 às 16h30 – Dando voz às pessoas que Gaguejam
Moderador: Fgo. Denis Batista/BA

17h – Encerramento

GAGUEIRA NO BRASIL

A Gagueira é um distúrbio da fluência que acomete 5% da população mundial, sendo 1% de forma crônica e persistente. No Brasil, afeta oito milhões de crianças e dois milhões de adolescentes e adultos, segundo dados da Abra Gagueira.

O Dia Internacional de Atenção à Gagueira foi criado em 1998 pela Internacional Fluency Association (IFA) e pela International Stuttering Association (ISA). Desde o início, o Brasil participou das comemorações com diversas ações voltadas para as pessoas que gaguejam, para familiares, para profissionais e para a população em geral por meio da Abra Gagueira, do IBF e do Laboratório de Investigação Fonoaudiológica da Fluência e Distúrbios da Fluência da USP.

O QUE É GAGUEIRA?
Gagueira é um distúrbio que se caracteriza por prolongamentos, bloqueios e/ou repetições de sons e sílabas na fala.

COMO ACONTECE?
Há muitos estudos sobre a causa da gagueira que apontam os fatores genéticos e neurofisiológicos

COMO O OUVINTE DEVE AGIR?
 Escute com naturalidade a pessoa que gagueja, procurando prestar atenção ao conteúdo da mensagem;
• Procure não completar ou tentar adivinhar o que a pessoa irá dizer;
• Evite observações como fale devagar, respire fundo, fale direito;
• Encaminhe a pessoa que gagueja para um Fonoaudiólogo.


DICAS PARA VOCÊ QUE GAGUEJA
• Procure não se preocupar com a forma da fala, mas com o que vai falar;
• Não use truques tentando esconder a gagueira. A tentativa de controlar a fala acentua ainda mais o problema;
• Muitas vezes, você já tem certeza de que gaguejará antes mesmo de falar. Permita que a sua fala flua sem esta previsão;
• Evite manter uma imagem negativa de si mesmo. A fala é, por natureza, passível de atropelos. Ninguém é cem por cento fluente.
• Procure um fonoaudiólogo. Afinal, Gagueira tem tratamento.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário