ÚLTIMOS DIAS PARA CONFERIR A EXPOSIÇÃO DE CARYBÉ NO MUSEU DA MISERICÓRDIA

por Juci Ribeiro


Quem ainda não viu a exposição Hector Bernabó, o Carybé da Bahia tem até o dia 27 de outubro para garantir a ida ao Museu da Misericórdia, da Santa Casa da Bahia. A exposição inédita reúne 34 telas de coleções particulares de Irmãos da Santa Casa, nunca exibidas em conjunto e pouco vistas pelo grande público.

De acordo com a curadora da mostra, Simone Trindade, a exposição mostra o percurso artístico de Carybé. “As obras foram produzidas em períodos diferentes da vida dele, nas décadas de 40, 50, 60... Todas elas mostram a forma como Carybé percebia o modo de ser do baiano, as festividades, a alegria e a religiosidade”, afirma.

O Museu da Misericórdia funciona de terça-feira a sexta-feira, das 8h30 às 17h30, aos sábados, das 9h às 17h, e domingos e feriados, das 12h às 17h. Os ingressos custam R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia).

Sobre o Museu da Misericórdia
Instalado no local que abrigou o primeiro hospital da Bahia e a sede administrativa da Santa Casa da Bahia, em prédio erguido no século XVII e tombado pelo IPHAN em 1938, o Museu da Misericórdia é um dos mais importantes espaços culturais do Estado e possui em seu acervo obras que contam parte da história da Bahia e do Brasil. Pertencente à Santa Casa da Bahia, o museu também tem em seu espaço a Igreja da Misericórdia, um dos mais significativos monumentos religiosos de Salvador, considerada uma grande representante dos estilos barroco, neoclássico e rococó. O Museu da Misericórdia tem o apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

Serviço
O que: exposição Hector Bernabó, o Carybé da Bahia
Quando: até 27 de outubro.
Funcionamento: terça-feira a sexta-feira, das 8h30 às 17h30, aos sábados, das 9h às 17h, e domingos e feriados, das 12h às 17h
Onde: Museu da Misericórdia - R. da Misericórdia, nº 6, Centro Histórico de Salvador
Quanto: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia).


Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário