Mães celebram maternidade trazendo na pele o amor pelos filhos

Por Juci Ribeiro



“Tudo!”. É com uma única palavra que a enfermeira Claudia Ramos (48), define o que os seus três filhos Louise (30), Jean (17) e Eduardo (15) representam para ela. Esse enorme sentimento que ela nutre pelos filhos está gravado na pele, por meio de três tatuagens com desenhos de anjos, que simbolizam cada um deles. “Como a tatuagem para mim é arte, foi a forma que escolhi para externar o quanto eu amo meus filhos e a emoção que está dentro de mim”, conta.
A enfermeira não está sozinha nessa. “O desejo de exteriorizar o amor arrebatador e incondicional que sentem pelas suas crias é o que leva três a cada dez mulheres a buscarem a tatuagem como forma de homenagear os filhos e de uma certa maneira tê-los sempre por perto”, explica o tatuador Dudu Petersen, do Petersen Tattoo Art Studio.
Este é, por exemplo, o caso da empresária Tâmara Oliveira, mãe de Miguel (5) e Luiza (2). A empresária traz no antebraço um cogumelo da vida do “Super Mário”, desenho do jogo que os filhos adoram e que representa a vida, diz ela. “Já que eu não ando com eles o dia todo eu queria carregar comigo um pouquinho deles, por isso a tatuagem, e essa é significativa para mim porque é um desenho de um jogo que eles adoram e que representa a vida. Quando você está jogando e pega um desse cogumelos verdes você ganha uma vida e eu ganhei duas com eles dois”.
Para o tatuador a responsabilidade de tatuar uma mãe que homenageia um filho é ainda maior. “Não estamos apenas desenhando nomes, bonequinhos, data de nascimento, silhueta de mãe com bebê no colo, desenhos feitos pelos próprios filhos, que são os preferidos delas. Estamos marcando para sempre em suas peles o sentimento que carregam pelos seus filhos”, ressalta Dudu.

Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário