Bloco da Capoeira vai homenagear Emília Biancardi

por Juci Ribeiro


O bloco da Capoeira 2018 vai homenagear a folclorista Emília Biancardi. Professora, compositora, escritora e pesquisadora especialista nas manifestações tradicionais da Bahia, Biancardi também é responsável pela maior coleção de instrumentos musicais dos índios no Brasil.
    Baiana de corpo e alma, a etnomusicóloga com vários trabalhos publicados terá seu rosto estampado nas fantasias da agremiação. Os figurinistas e aderecistas Junior Sobral e Anilton Dask são os responsáveis pela criação e estamparia.

    Com o tema “Viva Bahia de Emília Biancardi – A Internacionalização da Capoeira e sua Diáspora como Desfile da Moda”, este ano o bloco irá para as ruas com cem músicos, quinhentos dançarinos e mil e quinhentos foliões na quinta de Momo, no Campo Grande, e na segunda-feira na versão infantil, no circuito Batatinha, no Pelourinho.

    Suas camisas e fantasias (camisa individual R$40,00 e casadinha R$60,00, e o tecido estampado R$20,00 o metro) estão sendo comercializados na sede da Mangangá, que fica na rua Professor Soeiro, 58, no bairro Pau Miúdo. Informações: 71-9.9245-8513 ou  9.8823-4294
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário