PRETA GIL LANÇA CLIPE “CHEIA DE DESEJO” E LEVA SEU BLOCO AO RIO E A SALVADOR

por Juci Ribeiro

Ela é brasileira, carioca, baiana e traz no sangue todas as cores de um Brasil plural, festivo e com sabor do Carnaval.

Em seu terceiro clipe extraído do álbum “Todas as cores”, que marca seus 15 anos de carreira, Preta apostou em um visual que remete a ancestralidade e influência africana. O clipe de "Cheia de desejo" tem um quê de Bahia, de Cuba, do Pará, de Pernambuco, do Rio de Janeiro... Reflete a mistura de ritmos que acabou se traduzindo no próprio carnaval.

“Sou uma mistura de raças como o nosso Brasil, tenho sangue negro, índio, branco e quis dedicar esse clipe à influência africana em nossa cultura e, consequentemente, no ritmo e essência do carnaval”, conta Preta.


 Com seu “BLOCO DA PRETA” arrastando multidões no Rio de Janeiro (04 de fevereiro – Rua 1º de Março) e em Salvador (10 de fevereiro - circuito Barra-Ondina), Preta queria um clipe não só com a cara do Carnaval dessas cidades, mas com a cara dessa que é a maior festa de todo Brasil.

“Cheia de desejo tem uma sensualidade e uma alegria carnavalesca comuns a todas as partes do país. Vejo uma conexão de norte a sul, vejo como todos se misturam em um momento único onde a união acaba derrubando preconceitos e as fronteiras”, explica.
Gravado durante 12 horas no histórico Largo do Boticário, no Rio de Janeiro, “Cheia de Desejo” reuniu um elenco de 20 pessoas e contou com a direção da dupla “Os Primos”- João Monteiro e Fernando Meirelles.

No vídeo, Preta apresenta diversos visuais e penteados que, assim como todo elenco, contou com produtos da marca Salon Line, que elegeu a cantora como a “Embaixadora-mãe” de sua linha de produtos.


O Carnaval de Preta Gil

Depois de cantar em eventos pré-carnavalescos em Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo em janeiro, a maratona de Carnaval de Preta Gil começa oficialmente no primeiro dia de fevereiro, quando canta no prestigiado Baile da VOGUE. No domingo (04), ela abre oficialmente o Carnaval do Rio de Janeiro quando desfila o BLOCO DA PRETA pelo nono ano, sempre reunindo milhares de pessoas que representam a diversidade de seu público e trabalho.

Preta, que é carioca, mas sempre passou seus carnavais no Rio e na Bahia, dividirá seu tempo entre as duas cidades: a cantora terá seu grande momento no Carnaval baiano com o desfile do “Bloco da Preta 2222”, na noite do sábado de Carnaval (10 de fevereiro), quando subirá em seu trio elétrico, pela segunda vez nas ruas de Salvador, para a alegria do folião “pipoca”, em um desfile sem cordas. Este ano, Preta assume o comando como a nova anfitriã do camarote Expresso 2222, criado em 1999, por Flora e Gilberto Gil, e traz uma novidade: a “BLACKTAPE”, uma mistura de boate e de festa que durante os cinco dias de carnaval ocupará um espaço totalmente independente, mas no mesmo Edifício Oceania.

No domingo, Preta volta para o Rio, onde realizará seu tradicional BAILE DA PRETA no Clube Monte Líbano no Rio de Janeiro, dia 11, com participação de Pabllo Vittar e Jojo Todynho. Ela também se apresentará na Marquês de Sapucaí no Camarote No.1 nos dias 11 e 17 de fevereiro e ainda nos camarotes GUANABARA (11) e NOSSO (17). No dia 12 de fevereiro, a cantora ainda se apresenta em Florianópolis. Preta promoverá também uma feijoada para convidados no sábado das campeãs, no Rio de Janeiro – a já tradicional “resenha” da folia entre amigos.

O “Carnaval da Conexão” é como Preta quer chamar esse que é o período do ano em que ela fala e canta para milhares de pessoas.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário