Carnaval do Governo do Estado terá mais de 200 atrações na capital e patrocínio a 22 cidades do interior

Por Juci Ribeiro

No Carnaval 2018, o Governo da Bahia vai homenagear os 220 anos da Revolta dos Búzios. O movimento, também conhecido como Revolta dos Alfaiates e Conjuração Baiana, será o tema da decoração das ruas do Centro Histórico de Salvador. Além de criar uma ampla estrutura para dar suporte à festa, o governo vai garantir a diversão dos foliões, com a contratação de artistas que vão animar os circuitos da capital e patrocínio à folia em 22 cidades do interior (Alcobaça, Belmonte, Cairu, Camamu, Canavieiras, Caravelas, Correntina, Itabuna, Itacaré, Juazeiro, Lapão, Maragogipe, Mucuri, Muritiba, Palmeiras, Porto Seguro, Prado, Rio de Contas, Santa Maria da Vitória, São Félix do Coribe, São Sebastião do Passé e Vera Cruz).
Na capital, a diversão está assegurada com a contratação de 203 atrações, sendo 112 somente para o folião pipoca. Vão se apresentar sem cordas artistas como Anitta, Baiana System, Bell Marques, Luís Caldas, Harmonia do Samba, Léo Santana e Baby do Brasil. Comemorando dez anos, o Carnaval Ouro Negro mantém a tradição dos blocos afro e afoxés, com o apoio a 91 entidades.  O governo também vai apoiar o Carnaval dos bairros de Amaralina, Cajazeiras e Castelo Branco, assim como a Mudança do Garcia e o Palco do Rock, montado em Piatã.

De acordo com a Secretaria de Turismo do Estado (Setur), a estimativa é que, este ano, o estado receba 2,1 milhões de turistas, no período da folia, gerando uma circulação de cerca de R$ 2,3 bilhões. Em Salvador, são esperados 650 mil visitantes, só para o período do Carnaval. Eles devem movimentar cerca de R$ 715 milhões em atividades relacionadas ao turismo e à festa. 




SIGA @sitejuciribeiro

           @canalfolia

Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário