12º Festival Tempero no Forte exala os sabores da boa gastronomia e traz música e cultura pra região

Por Juci Ribeiro



Os cheiros e sabores saídos das caçarolas dos mais de 30 restaurantes participantes do Tempero no Forte perfumaram a vila de Praia do Forte e entorno, com combinações curiosas e exóticas, a partir do tema Frutas Tropicais, que orientou as criações da 12aedição do festival gastronômico,  que movimentou o Litoral Norte de 30 de novembro a 10 de dezembro, através da curadoria da Chef Tereza Paim. “O Festival dialoga arte, cultura, música e gastronomia, fomenta o turismo e atrai diversos olhares para o destino de Praia do Forte, além de envolver a comunidade e os artesãos locais. Isso o evento vem cumprindo ao longo desses doze anos”, revela Djanira Dias da 2D Projetos Culturais, organizadora e produtora do evento.


No primeiro fim de semana do festival, mais de 40 chefs de Salvador, Praia do Forte e de outros estados brasileiros circularam pela vila da Praia do Forte, levando sua gastronomia a baianos e turistas. O evento gastronômico não só garantiu a boa culinária, como também festejou um saldo bastante satisfatório com a venda de aproximadamente 3000 pratos criados e assinados pelos mestres-cucas. "O Festival é super importante para a cultura e o turismo, pois agrega visibilidade nos canais de comunicação, potencializando a experiência única de visitantes e turistas e a geração de renda para os empreendimentos criativos", revela Alexandre Rossi, secretário de cultura e turismo do município de Mata de São João.

Uma das principais atrações do evento, a Cozinha Show foi palco de criações em torno da gastronomia brasileira, recebendo grandes chefs. Dentre eles, Fabrício Lemos e Lisiane Arouca, Tereza Paim, Carlos Bento, Lourival França, João Belezia, Fred Miranda, Morena Leite e Sergio Paiva, que deram um show de gastronomia e esclareceram as dúvidas da plateia, com dicas e técnicas.

Além da maratona gastronômica, o Tempero no Forte, marcado pela arte e cultura, apresentou diversos produtos fabricados artesanalmente por artesãos da comunidade, que foram comercializados durante o evento, distribuídos no Mercado do Forte, localizado na Praça da Alegria. No quesito musical, se apresentaram por lá, Edno Sá, Butukada, Matheus Mathiara e Os Suspeitos, bandas da região, que tiveram oportunidade com o evento de apresentarem seu  repertório que vão  do samba até o blues, animaram o Coreto da Vila.


O projeto conta com o patrocínio do Hiperideal e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e o apoio da Prefeitura de Mata de São João, Sebrae, Senac, Adega, Eisenbahn e Turisforte.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário