Capitania dos Portos da Bahia lança campanha de segurança no mar

Por Juci Ribeiro
Capitania dos Portos da Bahia lança campanha de conscientização sobre segurança no mar

Com a aproximação da alta estação, praias tomadas por milhares de banhistas e veículos aquáticos trafegando com e sem autorização, seja nas praias com mar aberto ou nas águas da Baía de Todos os Santos, a Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) realizará, no próximo dia 24 de novembro, a partir das 19h, em sua sede no Comércio, o lançamento da 21ª edição da campanha “Legal no Mar – Navegue com Segurança". Trata-se de uma iniciativa de utilidade pública. O objetivo da edição é educar os usuários de embarcações sobre segurança da navegação, à salvaguarda da vida humana no mar e à prevenção da poluição do meio ambiente hídrico.
A edição contará com a participação de artistas e personalidades do cenário baiano, que estão colaborando de forma gratuita com a campanha. Para divulgação da “Legal no Mar”, foi produzido um amplo material informativo, que será veiculado nos principais meios de comunicação, como TV, internet, rádio e jornal. As peças contam com a participação de artistas como Levi Lima, vocalista da banda Jammil, Léo Macedo, da banda Estakazero e Tomate. Dentre os profissionais ligados à área de navegação, participam o campeão mundial de moto aquática Bruno Jacob, o navegador e escritor Aleixo Belov, o surfista Bernardo Mussi, o velejador Ivan Smarcevscki e o empresário Miguel Jacob.
Realizada em apoio à “Operação Verão”, ação de fiscalização executada anualmente pela Marinha do Brasil (MB) em todo o território brasileiro, a “Legal no Mar” é direcionada ao público que utiliza o mar como fonte de lazer, meio de transporte ou ambiente de trabalho, tendo um cunho totalmente educativo. Durante a campanha, a CPBA e as suas Organizações Militares (OM) subordinadas - Delegacias da Capitania dos Portos em Ilhéus e em Porto Seguro - realizarão palestras em colônias de pescadores e entidades náuticas, com o objetivo de instruir os navegantes sobre os principais aspectos das Normas da Autoridade Marítima (NORMAM). Atualmente, na área de jurisdição dessas três Organizações Militares existem cerca de 32 mil amadores inscritos e 27 mil embarcações cadastradas, que diariamente trafegam pelos 1.100 km de extensão da costa baiana.
Ao longo dos anos, a “Legal no Mar” tem contribuído de forma bastante positiva para a redução no número de acidentes ocorridos no mar. Desde o início, estima-se que 20 mil pessoas já tenham assistido às palestras e acompanhado as ações da campanha. Para a atual edição, está prevista a realização de 35 palestras em diferentes cidades, para um público estimado de aproximadamente 1.500 pessoas. O principal desafio é o de alcançar de forma efetiva as colônias de pescadores e entidades náuticas situadas nas mais distantes localidades do estado da Bahia.
Para a execução deste trabalho, aproximadamente 100 militares estarão envolvidos na “Legal no Mar”, que focará principalmente nos pontos do litoral baiano com maior concentração de embarcações. Em Salvador, locais como a: Ribeira, São Tomé de Paripe, Tubarão, Jaguaripe e Itapuã já estão com palestras agendadas. Em apoio à campanha, também será distribuído um vasto material informativo, abordando itens de interesse da comunidade aquaviária como legislação marítima, sinalização náutica e procedimentos de segurança no mar, orientações que também serão disseminadas durante as ações de Inspeção Naval.
De acordo com a Diretoria de Portos e Costas, os índices de acidentes envolvendo motos aquáticas diminuíram 60% no país durante o primeiro semestre de 2016 comparando com o mesmo período de 2015. Na área de jurisdição da Capitania dos Portos da Bahia (CPBA), que compreende desde Mangue Seco, ao norte, até Maraú, ao sul, essa queda também foi percebida. No ano de 2013, a CPBA registrou 3 acidentes, em 2014 e 2015 foram 2 acidentes em cada ano e, em 2016, ocorreu 1 acidente. Vale lembrar que a cada ano aumenta o número de inscrição de moto aquática na CPBA. Apenas no último ano foram realizadas 122 novas inscrições na Organização Militar.






  siga  Instagram @jucirribeiro
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário